“Nunca cessamos de nos comportar como crianças curiosas perante o grande mistério em que nascemos”

Albert Einstein

O que é criança

A criança é um sujeito, um cidadão. Crianças são autoras da sua própria história. Crianças têm que poder ser, e aprender a respeitar a individualidade do outro. As crianças são portadoras de direitos dentro da sociedade. Ela é um ser competente para assumir responsabilidades por sua cidade e sua comunidade.

No Cores a criança é escutada e livre para falar sobre suas hipóteses e sentimentos. É um ser humano que possui um corpo, uma história, diferentes saberes, diferentes modos de compreender o mundo. Um sujeito que cria, chora, sonha, fala, sente, pensa, aprende, se alegra, representa, se encanta. Um ser único, original!

O que é infância

É o período de maior potência da vida, e durante o qual a criança deve ser livre, sem medo de crescer e com um ambiente que lhe propicie condições de ser.

É a fase em que o ser humano amadurece de forma potente, mas frágil; o adulto, por sua vez, possui a responsabilidade ética de oferecer à criança um ambiente generoso e acolhedor.

A criança deve desfrutar de sua infância sem pressa, com tempo, do seu jeito…para amadurecer com calma.

A infância não é só uma etapa cronológica da existência, mas também uma condição da existência humana. Reconhecer que somos seres inacabados e aprendizes nos aproxima da criança, vendo-a não como um ser em construção e sim como um indivíduo com potencial de troca, porque o adulto também aprende nessa relação.

A ética faz com que o adulto não se coloque como superior nesta relação, mas como facilitador, inclusive quando a criança necessita de limite. O limite deve ocorrer pela interdição, e nunca pela punição.

“Quando alguém reclamar que você cometeu um erro, diga-lhe que pode ser algo bom. Porque sem a imperfeição nem você e nem eu existiríamos”

Stephen Hawking

Nossos educadores

Eles escutam!!!

São os parceiros cotidianos das crianças e, junto com elas, maravilham-se e compartilham investigações, descobertas e representações. São companheiros da viagem mágica pelo conhecimento, com os quais as crianças se encontram para viver um dia a dia cheio de riquezas.

Trabalhamos com a paixão em aprender e trocar com as crianças. Nossos educadores não se limitam aos que estão em sala. O pessoal da cozinha, do apoio, da recepção, da portaria…todos são integrados e afetados pelo convívio com os desafios que as crianças nos impõem diariamente. E as crianças, por sua vez, aprendem a importância de todos no grupo, entendem que precisamos uns dos outros.

Nossa equipe de professores possui formação formal em pedagogia, psicologia, psicomotricidade Aucouturier, música, arte-educação e letras. Sabemos que o desafio estará sempre em buscar o encontro entre os estudos e a prática, que é viva e única.

Com uma formação pessoal feita semanalmente com todos os profissionais, exercitamos a integração entre a prática e a teoria, tornando-as cada dia mais próximas.

O pré-requisito para trabalhar no Cores é a generosidade e a humildade na busca do encontro com o novo. Todos os dias são únicos. São desafiadores e mágicos também, pois são comprometidos com a ética da criança.

Nossa equipe não mede esforços para rever seus erros e aprender com eles, tanto na teoria como na prática. Somos educadores corajosos que se desafiam todos os dias a ser pessoas melhores. Acreditamos no mundo, nas pessoas e em nós mesmos. Somos autores de nossas próprias vidas, e entendemos nossa profissão com a seriedade e a responsabilidade que ela representa.

Nossa história

Vamos falar de como crescemos e amadurecemos: sempre tivemos um forte alicerce na formação em Desenvolvimento Infantil. Fomos pioneiros ao criarmos, na virada do século, o primeiro Centro de Desenvolvimento no Brasil, chamado Playgym. Com base na prática da Psicomotricidade Aucouturier e com muita entrega e paixão por parte de nossa fundadora Carla Maia, fomos construindo a nossa história.

Sempre ouvindo a demanda das crianças e das famílias, compreendemos que o conceito do Centro de Desenvolvimento precisava ser ampliado. Foi quando construímos o Playgym Natureza, um espaço que ia para além da psicomotricidade, que as crianças e as famílias frequentavam livremente; um espaço para investigações, experimentações. Os elementos da natureza foram um grande sucesso. Já percebíamos uma necessidade grande da criança estar em um ambiente acolhedor e favorável por mais tempo.

Não era nosso objetivo virar uma escola, porque sempre fizemos um trabalho para o desenvolvimento global da criança. E tínhamos uma visão, ainda limitada e preconceituosa, de que a educação era um lugar somente conteudista. Mais tarde, aprendemos como o preconceito pode nos cegar. Logo depois a vida “atravessou” e, como um furacão, fomos levados para o mundo da Educação.

O Cores nasce depois de 10 anos de Playgym, com uma equipe multidisciplinar. Hoje, já fortalecidos e apaixonados pela Educação, nos inspiramos em autores e escolas brasileiras e internacionais, que se alimentam de autores e artistas como Jerome Bruner, Lev Vigotsky, Jean Piaget, Donald Winnicot, Sigmund Freud, Helio Rodrigues, Paulo Freire, Emilia Ferreiro, Howard Gardner, Bernard Aucouturier, Zygmunt Bauman e tantos outros…Somos uma escola que busca estudar muito, em todas as áreas e, acima de tudo, escutar e pensar muito. Com o passar do tempo, vimos construindo um arcabouço pedagógico próprio, uma ‘pedagogia Cores’, que se baseia no socio-interacionismo. Uma história que nunca termina, por sermos maravilhados em nos reinventarmos e experimentarmos um processo que é vivo, para além dos livros, da criança e do mundo que nos cerca!

A família Cores

A família, a criança e a escola. Essa é a formação em que o Cores acredita.

Acreditamos em uma relação construída com base em confiança e parceria. A família é escutada e acolhida. A escola busca comunicar e trocar com os pais as investigações feitas pelas crianças. Porque é muito importante, neste segmento de educação infantil, já existir esse espaço em casa, que dê continuidade às experiências vividas na escola. O desejo das crianças pelo conhecimento e o espaço para serem autores de suas histórias devem ser sustentados juntos pelos adultos que as cercam.

Estamos sempre disponíveis, e no Cores a família é de casa. Existe um vínculo com cada mãe, pai, avô, avó…Buscamos e temos muito prazer no o convívio do dia a dia, das reuniões.

Na área restrita do nosso site, com fotos e parágrafos dos processos vividos mensalmente, buscamos nos aproximar ao máximo para o diálogo e a troca das investigações

As famílias encontram no Cores uma continuidade de uma casa, que educa e ama a todos nas suas individualidades. Um espaço que contempla o coletivo, um aprendizado diário para todos.

Buscamos cada dia mais construir espaços culturais para além dos nossos muros. Temos um canal no You Tube com vídeos do nosso trabalho e convites para a reflexão e o pensar sobre a Educação, além de disponibilizarmos um e-mail para que qualquer pessoa interessada em Educação entre em contato e dialogue conosco.

O que é educação infantil no Cores Educação?

Buscamos uma educação que se movimenta sempre em prol da curiosidade, com espaços lúdicos e em harmonia com a natureza, adequados para cada faixa etária.

Somos uma escola laica, que incentiva a liberdade e a individualidade de pensamento e investigação, buscando transformar experiências em novas descobertas, fazendo o prazer em estudar se tornar um encontro mágico com algo ainda desconhecido. Essa é a magia e a beleza dos cientistas e curiosos em geral!!

Uma escola que busca suportes tecnológicos e criativos a fim de melhorar as investigações, ampliando a construção de hipóteses e pensamentos. Que acolhe e valoriza a autonomia de cada criança, promovendo-lhe um ambiente e uma conduta facilitadores para que ela se sinta segura em errar, em fracassar muitas vezes. Esse movimento deve ser a base da busca pelo conhecimento. O prazer de brincar e a intuição devem ser os fios condutores das investigações e questionamentos, proporcionando leveza no processo de aprendizagem e um deslumbramento pelas descobertas da vida.

Sabemos que cuidado gera cuidado, atenção gera atenção, e uma criança que recebe confiança irá confiar. Sabemos da responsabilidade que a escola representa em uma sociedade, e a compartilhamos entre as crianças, os educadores e as famílias. Responsabilidade esta que é representada principalmente pela construção do valor do coletivo, de aprendermos juntos, onde todos têm a contribuir, onde todos devem ser respeitados e respeitar as diferenças, onde os valores mais arraigados envolvem aprender a investigar e estudar em grupo.

Acreditamos que o espaço da escola vai para além de limites físicos. É um espaço de cultura, de perguntas, do coletivo, de exercício da cidadania. Um lugar que proporciona à criança um olhar a partir dela, e não para ou sobre ela.